Como a agenda do consultório interfere na rotina de trabalho e nos atendimentos?

18 nov Como a agenda do consultório interfere na rotina de trabalho e nos atendimentos?

A forma como organizar a agenda dos consultórios médicos é algo que varia muito entre as preferências de cada profissional, estabelecimentos, especialidades, e características dos pacientes. Padronizar o tempo das consultas é uma prática de opiniões divergentes entre pessoas da área assim como outras ações de mudança. Os médicos ainda têm anseio em oferecer mais atenção e qualidade nos seus atendimentos, ao mesmo tempo em que desejam otimizar os horários do consultório e agilizar o processo de agendamento.

Algumas práticas são favoráveis para diminuir o tempo gasto em intervenções na agenda durante a rotina de trabalho, além de oferecer informações para que o médico tenha maior eficiência ao atender, menor margem de erro nos seus horários e gerar mais resultados positivos.

1.Organize a sua rotina de forma padronizada por atendimentos:

Você pode separar períodos dos dias específicos para consultas com características comuns, por exemplo, toda segunda-feira de manhã, pacientes de primeira consulta. Ou então, intercalar esse tipo de atendimento com retornos. A forma como fazer isso fica ao seu critério, o grande objetivo aqui é permitir que possa haver maior previsibilidade e efetividade em tentar ser mais preciso em suas consultas. Isso ainda agiliza o processo de agendamento, visto que, quando um paciente com algum tipo de característica específica aparecer, sua recepcionista já sabe onde procurar por horários vagos.

2. Marcar com antecedência seus compromissos pessoais e profissionais que acontecem fora do consultório:

Bloqueie na sua agenda todas as atividades que vão impedir você de atender, assim, sua recepcionista não irá marcar consultas que depois terão que ser rearranjadas em encaixes apertados, em dias e horários que não estão de acordo com a aquele tipo de consulta e em momentos que vão atrapalhar o andamento do consultório e sua rotina pessoal.

3. Considerar o tempo de deslocamento entre seus diferentes locais de atendimentos:

Distância e trânsito são aspectos que vão interferir consideravelmente durante o seu período de trabalho. Então, avaliar esses espaços é necessário para que seus pacientes não fiquem te esperando em um momento que você já sabia que não estaria lá;

4. Seja pontual e fiel aos seus horários:

Afinal, se você não tiver compromisso com os seus horários agendados e estar sempre atrasado, seus pacientes vão notar, e isso não é bom nem para o relacionamento entre vocês e nem para a qualidade das consultas que você entrega.

Resolver por definitivo os problemas de horário do consultório está além do médico e da recepção, mas esses fatores podem ajudar muito em garantir segurança para margens de erro toleráveis.

No Comments

Post A Comment